Acesse a loja suabiblianvt.com.br

Reforma Protestante: contexto histórico

Reforma Protestante: contexto histórico
outubro 25, 2018 Redação SuaNVT

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/1/9e/47/suanvt/public_html/wp-content/themes/uplift/swift-framework/content/sf-post-formats.php on line 89

Convidamos você a revisitar o contexto histórico do século XVI e as bases do movimento reformador

No dia 31 de outubro é celebrado um dos mais importantes eventos da história universal “A Reforma Luterana” ou “Reforma Protestante”, movimento religioso que eclodiu no século XVI e que teve como objetivo reformar a prática de fé por meio do retorno às Escrituras. O monge alemão Martinho Lutero (1483 -1546) foi um dos seus principais expoentes.

Na época, diversas circunstâncias criavam um profundo descontentamento dos fiéis em relação à situação moral e religiosa da Igreja oficial e do papado. A falta de formação teológica por parte do clero, a contraditória ostentação pelo luxo, a compra de cargos eclesiásticos, a forte imposição da Igreja em assuntos políticos e econômicos, a venda de indulgências (a compra pelo perdão dos pecados), entre outros fatores, levaram o monge a publicar, em 31 de outubro de 1517, 95 teses que contestavam a doutrina vigente e que resgatavam o cristianismo bíblico.

Uma das principais ideias defendidas por Lutero foi a questão de que a salvação acontece mediante a fé e não pela prática de boas obras – uma alusão clara ao trecho da carta do Apóstolo Paulo aos Romanos, o qual diz: “[…]O justo viverá pela fé” (Rm 1.17). Essa verdade contundente expunha os flagrantes erros do papado que oprimia a população por meio de dogmas e práticas religiosas antibíblicas, como a adoração às relíquias e a compra de perdão. De fato, a Reforma trouxe a Bíblia para o centro da vida religiosa, afirmando a supremacia da Palavra de Deus como única fonte infalível, inerrante e definitiva para as questões de fé. Qualquer dogma, concílio, decreto, edito ou revelação deveria passar pelo crivo das Escrituras.

Quatro importantes postulados formam a base da Reforma Protestante. Veja um breve resumo:

Sola Gratia (Só a graça)

A salvação depende da graça de Deus e não dos esforços do pecador. Ela somente acontece mediante a fé em Jesus Cristo.

Solo Christus (Só Cristo)

Jesus é o único mediador entre Deus e os homens. Só Jesus salva.

Sola Fide (Só a fé)

O pecador é justificado pela fé. Ela, obviamente, é expressa por meio de uma mudança de vida. A prática de boas obras é consequência natural de quem entregou sua vida a Deus.

Sola Scriptura (Só a Escritura)

A Palavra de Deus, a Bíblia, é a suprema autoridade em relação à tradição. Toda a vida de fé deve estar de acordo com o que está exposto no Texto Sagrado.

A Reforma também defendeu o livre exame da Bíblia, ou seja, os fiéis poderiam estudá-la sem depender de uma interpretação imposta pelo papado. Martinho Lutero, inclusive, a traduziu para o idioma alemão.

O movimento reformador logo se espalhou por outros países europeus, como a Suíça, França, Escócia e Inglaterra e contou com nomes como João Calvino (1509-1564) e Huldreich Zwínglio (1484-1531).

Dentre outros fatores, a Reforma Protestante contribuiu de forma substancial para importantes mudanças sociais, dentre elas as resultantes de uma maior liberdade para a formação do pensamento e da prática da vida cristã biblicamente fundamentada.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Warning: Unknown: open(/var/lib/php-cgi/session/sess_cj1d7opsj60upp5h63sfjnfr90, O_RDWR) failed: No such file or directory (2) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/var/lib/php-cgi/session) in Unknown on line 0